Os 5 melhores vinhos do Alentejo

O Alentejo começa a ganhar cada vez mais destaque no que diz respeito a vinhos de qualidade. Os portugueses já tinham descoberto o enorme carácter dos vinhos alentejanos e agora são os estrangeiros, cada vez mais deliciados com o vinho do Alentejo, sejam eles especialistas de revistas internacionais ou simples apreciadores.

Os prémios vão-se acumulando e, ano após ano, os vinhos do Alentejo conquistam o coração de quem realmente sabe apreciar um bom vinho. Descubra os 5 melhores vinhos do Alentejo.

2013 Herdade dos Grous Moon Harvest Tinto

Vinho produzido na Região do Alentejo a partir da casta Alicante Bouschet. De cor rubi profunda e concentrada, revela um aroma complexo de fruta bem madura e notas bem integradas de madeira. Sabor rico e redondo, com taninos maduros e sedosos. Deve ser servido a uma temperatura de 16-18ºC. Ideal para pratos ricos de carnes vermelhas.

Grande Medalha de Ouro – Concours Mondial Bruxelles 2015

Medalha de Prata – International Wine Challenge 2015

2013 Antão Vaz Peceguina branco

A Herdade da Malhadinha Nova é uma típica herdade familiar alentejana, comprada em 1998 pela família Soares. Situada em Albernôa, no coração do Baixo Alentejo, é um espaço de liberdade, que se perde no horizonte sem Limites.

A paixão e empenho da família, levaram à transformação de terras há muito abandonadas em solos capazes de dar vida a produtos genuinamente alentejanos, dedicando-se à produção de vinhos de elevada qualidade, elegantes, intensamente frutados e de grande complexidade na boca, são o reflexo de um enorme respeito pela natureza e de toda a Paixão e dedicação com que são criados.

2013 Poliphonia Reserva Tinto

Viosinho, Alvarinho e Antão Vaz. Aroma profundo com notas de fruto tropical, maçã verde, leves notas tostadas bem envolvidas com a fruta. Muito cremoso na boca, com densidade refrescada por bela acidez citrina.

Mundus Vini 2015 – Medalha de Ouro

Vencedor – Concurso Escolha da Imprensa 2015

2013 Adega de Borba Branco Reserva

Adega de Borba Reserva 2103 é um vinho português de aspecto límpido, cor rubi definida com nuance vermelha. Aroma fino e elegante, sugerindo frutos pretos, compota e chocolate branco. Sabor macio, com ligeira adstringência, equilibrado, notando-se um frutado maduro, taninos suaves mas estruturados, com elegância no final de prova.

2010 Tapada de Chaves Reserva Tinto

Vinho produzido na Região do Alentejo, a partir das castas Trincadeira, Aragonês e Castelão. De cor granada, com aroma complexo a frutos silvestres vermelhos e pretos, com presença da madeira de carvalho onde estagiou. Persistente de aromas e especiarias, com notas de madeira. Excelente para acompanhar pratos de cozinha tradicional portuguesa, em especial os de carne, e queijos.

Fonte: https://www.vortexmag.net/

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ad Blocker Detected!

Refresh