Sangria tradicional Alentejana. Para escapar aos 40 graus com que S. Pedro entendeu bafejar os Alentejanos…

Sangria tradicional Alentejana – Esta receita de uma sangria à maneira, uma bebida fresca, alcoólica que baste, que nos dê algum conforto nestas tardes de Verão. Aqui é impossível escapar aos 40 graus com que S. Pedro entendeu bafejar os Alentejanos…

SABIAM QUE…

A sangria das tabernas está sempre associada às Touradas, à Festa Brava. Este “Sangre de Toro”  festivaleiro, estival e aficionado  contribuiu  talvez também para lhe dar  o nome há muitos anos atrás.. Tinha uma vantagem naqueles tempos de miséria: era barata de fazer, podia-se, por isso mesmo, beber à vontade…

Ingredientes

  • 2 laranja sumo de uma laranja. Corte a segunda em pedaços
  • 1 pêra bocados pequenos
  • 1 maçã bocados pequenos
  • 8 morangos corte ao meio
  • 1 limão sumo e casca
  • 3 colheres de sopa açúcar mascavado
  • 1 cálice aguardente velha
  • 1 cálice vinho do Porto
  • 2 pau de canela
  • 6 folhas hortelã
  • 7,5 dl vinho tinto Alentejano
  • 5 dl gasosa

Instruções

  • Misture os pedaços de fruta com o açúcar, a aguardente, o vinho do Porto e as folhas de hortelã
  • Retire a casca do limão e esprema o sumo (laranja e limão) e misture ao preparado anterior e deixe a mistura ganhar sabor durante uma hora,
  • Despeje o preparado para um jarro e junte o vinho e a gasosa por cima
  • Por fim, junte os paus de canela e adicione gelo a gosto.

Notas

Deve servir-se em copos grandes enfeitados com uma rodela de fruta ( a nossa sugestão a laranja).

Se não gostar de sangria de vinho tinto, substitua por vinho branco. Se quiser baixar um pouco o álcool da sua sangria, substitua parte do vinho por gasosa ou sumo de fruta, fica igualmente deliciosa.

Fonte; https://www.mulherportuguesa.com/

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ad Blocker Detected!

Refresh