COMO FAZIAM NO ALENTEJO A MILAGROSA ÁGUA DE MALVAS

ÁGUA DE MALVAS
ÁGUA DE MALVAS

ÁGUA DE MALVAS  – Antigamente aqui no Alentejo o chá de malva era tomado  para combater a prisão de ventre, soltar o catarro e combater a dor de garganta. Outra forma de aproveitar as propriedades das flores de malva éra fazendo um cataplasma com as folhas e flores amassadas, que podiam ser aplicadas nas picadas de inseto e feridas, porque tinham ação cicatrizante.

As partes da Malva usadas para fins medicinais são as suas folhas e flores para chás ou infusões.

ÁGUA DE MALVAS

ÁGUA DE MALVAS

No Alentejo, é uma planta frequente, encontrando-se muito facilmente em toda a região.

Ingredientes para chá de Malva

  • 2 colheres de sopa de folhas secas de Malva;
  • 1 xícara de água ferventes.

Modo de preparo

Para preparar o chá, basta colocar 2 colheres de sopa de folhas secas de malva numa xícara de água a ferver, deixar repousar por 10 minutos e coar. Este chá pode-se beber cerca de 3 vezes ao dia.

ÁGUA DE MALVAS
ÁGUA DE MALVAS

O principal efeito colateral da malva é a intoxicação, quando utilizada em grandes doses. Além disso, o chá de malva está contraindicado durante a gravidez e a amamentação.

A Malva pode ainda comprometer a absorção de outros medicamentos que contenham mucilagens e, por isso, deve fazer-se um intervalo de pelo menos 1 hora entre a ingestão do chá de Malva e a toma de outros medicamentos.

Fonte: https://www.tuasaude.com/

Fonte: http://omelhoralentejodomundo.blogspot.com/

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ad Blocker Detected!

Refresh